A VOZ DO SILÊNCIO E DA SOLIDÃO IMENSA..


A pessoa que sou é única, limitada a um nascer e a um morrer, presente a si mesma e que só à sua face é verdadeira, é autêntica, decide em verdade a autenticidade de tudo quanto realizar. Assim a sua solidão, que persiste sempre talvez como pano de fundo em toda a comunicação, em toda a comunhão, não é 'isolamento'. Porque o isolamento implica um corte com os outros; a solidão implica apenas que toda a voz que a exprima não é puramente uma voz da rua, mas uma voz que ressoa no silêncio final, uma voz que fala do mais fundo de si, que está certa entre os homens como em face do homem só. O isolamento corta com os homens: a solidão não corta com o homem. A voz da solidão difere da voz fácil da fraternidade fácil em ser mais profunda e em estar prevenida.

Vergílio Ferreira

515

515
A Distinção Tem um Código...

Zeca Afonso-Traz Outro Amigo Também


Demissão!

Uma janela de oportunudade

domingo, 29 de janeiro de 2012

A verdade sobre os feriados...

A questão dos feriados é mais uma falácia do eixo bronquítico do arco governativo.
Chamou-me logo a atenção de um artigo do JN onde se mostram números perfeitamente falseados...Chama-me logo a atenção que conste que no Reino Unido existam apenas 8 feriados...Apenas convém dizer que se os feriados calharem a um domingo passam para a segunda feira seguinte...Além de que existem diferenças regionais.

Vejam o exemplo da Bélgica e numero de feriados que tem. Os governantes gostam de apontar os outros países como exemplo para tudo menos no que diz respeito a ordenados...
link:http://www.officeholidays.com/countries/default.asp

Sem comentários:

Enviar um comentário